Hora do Body!

0
22/07/2014
Hola!!!


Quem não ama body? Peça que sempre fez parte do guarda-roupa feminino, hoje, anda em alta nas lojas, na TV- com a personagem de Giovanna Antonelli na novela Em Família- e deve aparecer bastante no próximo verão.

Antes ele era uma simples peça das coleções de inverno das marcas de beachwear, e hoje caiu no gosto da mulherada, mas apesar de prático, seu uso diário requer atenção para não parecer que você foi trabalhar de maiô.

Para ajudar quem quer aderir ao body no dia a dia, hoje tem dicas de especialistas, dentre eles Glória Kalil, com os melhores jeitos de usar (ou não) a peça:

As melhores combinações:

. “O body fica ótimo com calça de alfaiataria, saia longa, uma saia curta mais rodada ou até uma calça mais ampla", defende Lenny Niemeyer. "Eu, por exemplo, gosto muito de usá-lo sob um blazer. A proposta de um look com body - que pode ser um maiô de mangas longas, com decotes e recortes inusitados - é não remetê-lo à praia”.

. "Com caftãs e pantalonas de tecidos mais nobres, tanto durante o dia como à noite", ressalta Adriana Degreas.

. Com uma calça jeans Flare + cinto, hit da Clara, de Em Família.


Na hora de escolher o modelo:

. "Hoje temos muitos modelos disponíveis, o que facilita bastante a escolha, com recortes, decotes mais ou menos profundos, costas abertas ou fechadas...", diz Liana Thomaz, da Água de Coco. "O importante é valorizar o que o corpo tem de melhor e esconder o que tem de pior.”

. O importante é ser realista. Tem umas gordurinhas nas costas? Opte pelo decote menos profundo nas costas, ou até mesmo o de costas fechadas. Os de bojo também são ótimos aliados para deixar tudo em cima.


Não use:

. “Modelagens muito justas, em proporções pequenas ao corpo, que tornam a mulher deselegante”, ressalta Degreas.

. “Legging também não é uma boa opção”, alerta Patrizia Simonelli, da Cia. Marítima.

. Se o body tem babados, evite as saias também com babados.


E no trabalho, dá para usar?

“É uma peça muito justa, então sempre vai cair para um lado mais sexy, que não é compatível com o mundo corporativo - ao menos que tenha um cardigã, blazer ou jaqueta sobre o body”, aconselha Gloria Kalil. 


E você, já aderiu a essa tendência?



Besos :P
------------------------------
Fonte: Chic

0 comentários: